segunda-feira, 3 de maio de 2010

Abaixo café de salão

Aff! Café em salão de beleza? Nem pensar!

Duas experiências (como observadora, apenas. Graças a Deus!) na semana passada me motivaram a escrever um post-campanha contra o ‘cafezinho’ em salões de beleza.

Conto-lhes os dois fatos:

1. Local: Salão chique de um shopping chique da cidade.

Autora: a servente.

Vítima: Uma cliente pra lá de meia idade, dondoquíssima.

Caso: Estava eu sentada próxima à área de atuação manicures quando a dondoca chegou para pintar as unhas. A profissional, bastante instruída para ser um poço de educação e sorrisos com as clientes, recebeu acolhedoramente a senhorinha e começou seu trabalho. Logo, a dondoca perguntou:

- Aqui vocês servem água, café...?

- Claro, senhora!, respondeu sem pestanejar e já chamando a mocinha responsável por tal tarefa e fazendo o pedido da cliente que se resumia a um copo d’água e uma xícara de café puro: sem leite e sem açúcar.

A funcionária saiu vagarosamente arrastando suas sandálias com uma cara de quem comeu e não gostou em direção às escadas para atender (atender?) a solicitação.

Na volta, entregou primeiro a água. A senhora deu uma golada e depositou o copo numa mesinha ao lado. Em seguida, pegou a xicrinha de café e ao olhar para o que tinha nas mãos, recusou-se a aceitar a oferta, explicando que a xícara estava suja de batom na borda. Resultado: ela chamou a gerente e disse que se a xícara estava daquela forma, imagine o resto dos materiais...


2. Local: Salão mais ou menos de um shopping popular da cidade.

Autora: uma manicure, pedicure ou cabeleireira... Sei que não era uma servente.

Vítima: meus olhos e nada mais

Caso: Estava eu lá, sentada, aguardando a minha vez no piso superior do salão onde agradeci o silêncio, e o ar-condicionado em pleno funcionamento diante da equação espaço x quantidade de pessoas x secadores, chapinhas, produtos químicos. Apareceu uma moça que foi preparar um cafezinho para oferecer aos clientes numa cafeteira elétrica. A criatura estava perdida com cara de ‘quem sabe como isso funciona?’. Depois de algumas pancadas aqui e acolá, muita força e pouca habilidade com o equipamento, ela conseguiu que o café ficasse pronto. Aí foi a MEHOR parte: Ela assoprava cuidadosamente o café enquanto ia despejando-o na garrafa. Pronto. Terminado o serviço, garrafa tampada. Ela desceu as escadas para oferecer xicrinhas de bactérias para os clientes.





Eu, passada, só pensava em minha mãe que não rejeita um cafezinho.



Campanha: RECUSE CAFEZINHOS!

O que os olhos não vêem outros órgãos podem padecer...

11 comentários:

Gabriela Martini disse...

Legal o blog,mais acho q blogs com muito colorido demoram muito pra carregar ;)

Óbvio e Atual disse...

ADOREI! Cafezinhos de salão, EU RECUSO. Pra falar a verdade nunca gostei de café, agora então.. KDOAKSPODKASD
ADOREI O SEU BLOG, muito bem escrito! Seria uma honra indicar você no Óbvio e Atual, responde se eu posso?

Marcelle Dutra disse...

Caraca, ainda bem que eu nunca tomo café. Apoio a sua campanha hahaha. Adorei o conteúdo do blog, parabéns (:

Óbvio e Atual disse...

AAh obrigada pelos elogios. ;}}
Não penso em ser exatamente uma jornalista, mas quero traabalhar escrevendo bastante.
Obrigada por aceitar que eu indique você, flor! =}}

Helder disse...

Adorei o texto!! Também faço parte da campanha RECUSE CAFEZINHOS! Quem vê cara, não vê coração.. rs
Bjo!

moça da cafeteria disse...

Como assim, "recuse cafezinhos"? Quer me levar à falência?(rs)

Dani disse...

Produção em alta, hein, amiga?? rsrs

Café em salão, nem pensar... srrs

Ótimo texto!

marianamiranda disse...

Que absurdo! Vamos fazer uma passeata! Hehehehe!
Adorei, mai!

Óbvio e Atual disse...

passando só pra dizer que tem dois selos pra você lá no meu blog.
Espero que goste! ;*

Claudia Valéria - Cacau disse...

Comentado por: Cláudia Valéria

Kkkkkkkkkkk! Que texto bárbaro! Meu...ôw lôco! Agora entendo como e porque tenho a habilidade de adquirir excessos de gripe ao ano...rsrs! Vou parar de levar minha avó no salão...

Maiara Bonfim disse...

VAleu, galera!

Adorando ter vcs aqui.